15 de jul de 2009

...

Fecho os olhos

o som vem de longe

ele invade minha alma

uma viagem começa

o mundo cabe na palma da mao

nao existem nuvens

somente o sol brilha, o mar invade a praia

o vento balança as folhas das arvores

as estrela podem falar, elas sorriem

a lua dança com o sol nos seus poucos encontros

tudo gira, brilha, esta azul, roxo, amarelo...

o coraçao da saltos de emoçao

todo o corpo se encontra leve, com movimentos proprios

o som continua

leva a mente a lugares desconhecidos

ate as borboletas ouvem e voam sem rumo

tudo se transforma

peixes fora d'agua

o vento sopra ao contrario

nao existe maldade nem inveja

todos sao iguais

cai uma leve chuva

somo livres

o vento que bate no rosto

nao existe nada igual

em subito

tudo cai pra dentro

os olhos se abrem

tudo volta ao normal

num mundo incompreensivel...






Nenhum comentário:

Postar um comentário

" FAÇA O QUE QUISERES, DESDE QUE NAO PREJUDIQUES A NINGUEM"